Seguir o Blog por e-mail

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Campanha Nacional "Zoeira Tô Fora"

Pois é galera, após uma longa ausência, eis que surge mais um assunto interessante que na minha humilde opinião, deveria ser discutida.

"CAMPANHA NACIONAL ZOEIRA TÔ FORA"

Neste fim de semana passado, resolvi por o "pé para fora" e dar uns "rôles", visitar amigos que não veja há algum tempo e "ventilar as idéias"...
No sábado, fui até Campinas na inauguração da sub sede ou filiar dos Falcões MC. Antes passei em Valinhos (que é caminho obrigatório) na sede dos Corsários MC me encontrar com outras pessoas e, juntos rumamos para lá.
Não me informei do que se tratava esta inauguração, se no local já funciona algo relativo a motocicleta etc e tal. Mas pelo visto, sim. Deve ser alguma mecânica ou lava moto.
O espaço é bom, bem localizado, e sem dúvida alguma, será ponto de encontro de muitos motociclístas.
Encontrei várias pessoas que há muito não abraçava.
Dentre estas, o Gaspar (locutor) tive a oportunidade de conversar mais reservadamente os assuntos pertinentes a este blog e que ele bem entende dos assuntos.
Alguns aqui poderão até discordar pois, ele já não mais pertence a Moto Clube. Mas na minha opinião, ele podería sim, falar a respeito do conhecimento e das opiniões que ele tem sobre estes assuntos.
Perguntei-lhe mais coisas sobre a campanha (eu já sabia de alguns detalhes de outra conversa em outra oportunidade) mas queria saber mais. Vocês devem estar se perguntando: POR QUE?
Lhes digo: Tem muitas pessoas e clubes utilizando-se da logomarca da campanha (que é pública) mas sem respeitar sua essência.
Nesta conversa com o Gaspar, sugeri que algo fosse feito. Algo que identificasse as pessoas ou Moto Clubes que REALMENTE CUMPREM o sugerido pela "campanha Zoeira Tô Fora". A logomarca da campanha é de domínio público sendo assim, qualquer pessoa pode utilizar-se dela nos meios de divulgação onde esta sería empregada.
Mas não tem sido assim. Alguns de vocês concordam com isso?
Recentemente, houve uma festa que não me lembro qual, onde reinava a "ZOEIRA TOTAL" com a conivência dos organizadores do evento. Tanto o público quanto os visitantes e moradores da cidade, participaram deste ato de desrespeito as leis de trânsito, segurança e principalmente dos Moto Clubes e verdadeiros motociclístas que lá foram prestigiar a festa. Nada contra os "Jaspions" ou "Speedeiros" que adquirem motos de alta performace e elevadas velocidades.
O som de um roncar de motores, é maravilhoso com as devidas ressalvas de: Onde, Quando e Por que. Mas quando se "libera geral", vira uma zona!
Aí se ouvem não só roncar de motores mas também pipocar de escapamentos das motos de menor cilindrada e querem também "aparecer" para a multidão. Isso aumenta a vontade de acelerar, puxar o guidon da moto para seu prórpio peito e circular empinado entre as pessoas, fazer zerinhos, queimar pneu, enfim... tudo em local nada apropriado e sem segurança.
E o que é pior há quem utiliza-se do simbolo da campanha e muitas vezes não esta nem aí... e se acontece um acidente? A quem a mídia irá representar como sendo o responsável por esta tragédia?
Não acredito que será os motoqueiros ou os jaspions ou os triciclístas, será os motociclístas na forma geral do bom entendimento. Pior será se nas cenas e comentários de rodas, citarem os "escudados" representantes legais dos Moto Clubes e que abominam estas práticas. Ou será que não mais?
Antigamente há não muito tempo atrás, os próprios integrantes de Moto Clubes visitantes, tomavam a iniciativa e repreendiam quem adotasse esta postura negativa dentro de uma festa.
Alguns MCs, incumbiam integrantes com a resposabilidade de cuidar para que ninguém desrespeitasse esta "norma, regra ou conduta" dentro da festa. Soube inclusive de casos que chegaram ao extremo, mas que de uma forma positiva, serviu de exemplo para os demais interessados em perpetuar esses desrespeito.
Acredito que ainda irá demorar muito tempo para que as pessoas e Moto Clubes tomem alguma iniciativa a manter a bôa campanha.
Uma das soluções, acredito eu, seria o boicote! SIM BOICOTE TOTAL aos eventos em que estas práticas não são coibidas.
Mas, fala sério... é pouco provável que todos os clubes deixem de ir a determinadas festas. Mesmo que estas praticas, por lá, são muito realizadas...
OS Moto Clubes NÃO SÃO UNIDOS a este ponto, a defender pacificamente o bom motociclísmo.
Afirmo isso perante ao que vejo, converso e pesquiso.
Um dos motivos da recente proliferação de "escudados" no Brasil se deve ao fato do não cumprimento e da desobediência de normas, regras e diretrizes dos estatutos dos clubes. Não estou dizendo que você escudado, tem o direito de ir e vir interrompido ou sensurado pelo contrário, você (pessoa, indivíduo, ser humano) é livre para ir onde quizer mas, acredito que em certas situações e locais, é preferível que seu clube (escudo) não esteja presente, não seja visto.
Pode acontecer de que em algum (péssimo) momento ele seja lembrado, identificado como participante e assim, postergado a irresponsabilidade dos demais.
Vá!
Frequente!
Participe!
Seja de que festa seja do seu agrado. Rodeios, festas juninas, shows sertanejos, roda de samba e pagode, manifestações contra a homofobia, passeatas a favor da liberação da maconha enfim, saiba que há lugares e lugares onde vale a pena expor seu brasão, seu escudo, seu moto clube.
Se você tem esta consciencia, legal! Parabéns!
Se não tem, seu presidente devería ter. E a ele, seu vice e diretoria, deveriam citar estas "normas" em todas as reuniões (se é que fazem reuniões).
E fazer com que todos os seus mebros a cumpram, em benefício do próprio clube. (infelizmente, este é um dos principais motivos do surgimento de tantos novos clubes).

CAMPANHA: ZOEIRA, TÔ FORA!

Use o símbolo com consciência e faça cumprir o que ela sugere em sua festa. Se a "coisa" engrossar, leve os (ir)responsáveis para a PM, esta saberá o que fazer, e tenha uma festa tranquila e maravilhosa como todo motociclísta gosta de curtir.

Forte abraço a todos,
Dash.

Nenhum comentário: